» DICAS DE CULTIVO DE ORQUÍDEAS – 08

comocultivar-olho-de-bonecaComo cultivarDendrobium”     (Olho de boneca)                        

Apresentamos neste texto algumas dicas sobre o cultivo dessa espécie de orquídea.

Dendrobium ( Dendrobium nobile e seus híbridos) a mais popular orquídea no Brasil é uma orquídea “epífita”, ou seja, deve ser cultivada em árvore viva ou galhos cortados. Quando cultivada em vasos ou caixetas de madeira deverá ser utilizado um substrato apropriado, mas jamais com terra, areia ou substratos para plantas terrestres.

 

Dendrobium não deve receber insolação direta, ao contrário do que muitos imaginam. Essa orquídea requer alta luminosidade, mas não deve receber insolação direta, o que pode provocar a queda prematura de suas folhas.

 

  • A época da floração ocorre ao longo da primavera.
  • Alta luminosidade é fundamental para o desenvolvimento da planta e para a sua floração. Quando a luminosidade for muito baixa para as suas necessidades, ela produz pouca ou nenhuma flor, mas uma grande quantidade de mudas aéreas.
  • Uma particularidade dessa orquídea é que em seu ciclo absolutamente normal sempre ocorre queda das folhas no outono, quando as folhas ficam amarelas, às vezes apresentando manchas escuras. É dos entrenós dos caules que perderam a folhas que brotam as hastes florais com 3 flores, em média.
  • Cada entrenó do caule produz apenas uma floração, e é comum que um mesmo caule produza flores num ano, mas conserve algumas folhas. No ano seguinte pode ocorrer uma nova floração no mesmo caule, mas apenas naqueles entrenós que conservaram folhas.
  • Com base nas informações acima fica a dica: ao comprar uma planta no mercado ou floricultura escolha sempre aquela que, além do caule em flor, possua um ou mais caules com folhas, pois só assim você estará garantindo a floração para o próximo ano. O ideal é que a planta apresente ainda uma ou mais gemas (brotinhos) de novos caules que estarão prontos para floração em dois anos.
  • Evite comprar planta com apenas um ou 2 caules, totalmente floridos, bonitos e que saltam aos olhos, mas que levarão 2 ou 3 anos para produzir novas florações.
  • Dendrobium requer boas regas, de preferência em dias alternados, quando for cultivado em pedaços de tronco ou caixetas de madeira ou cesto plástico. No inverno (apenas em regiões frias: sul e sudeste do Brasil), essas regas poderão ser mais espaçadas.
  • Os caules que já produziram flores, portanto sem folhas, não devem ser podados, pois servem para fazer a reserva de água e nutrientes para a planta e serão também responsáveis pela emissão de gemas que darão origem aos novos caules.
  • Se tiver interesse, poderá aproveitar caules que já produziram flores para fazer mudas pelo método de keikis ou keikes, conforme já explicado em outro artigo neste site.